Santa Casa de Araraquara alcança acreditação internacional com as soluções MV

Instituição paulista recebeu acreditação QMentum após otimização do gerenciamento nos protocolos de segurança

Ter uma acreditação é um passo importante para dar maior credibilidade para uma instituição de saúde, além de ser uma ótima forma de atestar o cuidado e os bons serviços para os pacientes. Com as ferramentas da MV, isso fica ainda mais fácil de ser alcançado. Um bom exemplo é a Santa Casa de Misericórdia de Araraquara, instituição do interior de São Paulo que ganhou reconhecimento  internacional através das soluções oferecidas pela MV.

A instituição é filantrópica, privada, sem fins lucrativos sendo inaugurada em 25 de fevereiro de 1902. Sofrendo com informações fragmentadas ou perdidas, além de dificuldades de acesso aos documentos institucionais pelos profissionais, a instituição viu que a situação precisava mudar. Nesse caso, a gestão de documentos foi essencial. Foi com a otimização dos serviços, por meio das ferramentas de Gestão Estratégica, Gestão da Qualidade e Painel de Indicadores da MV, considerados fortes apoiadores tecnológicos para que o hospital obtivesse a acreditação QMentum.

Ela orienta e monitora padrões de alta performance em qualidade e segurança na área da saúde, em busca do aprimoramento de processos e o alcance da excelência.

“A solução foi fundamental no gerenciamento dos protocolos de segurança institucionais. Por meio de suas ferramentas, foi possível garantir a implantação e controle dos processos de melhoria durante o processo de acreditação”, afirma Igor Sousa, analista de Qualidade da Santa Casa de Misericórdia de Araraquara.

O sistema auxilia na gestão da assistência e na organização dos processos internos para implementar as práticas de segurança. Dessa forma, os módulos de Gestão Estratégica e Qualidade garantem um cuidado qualificado, seguro e que aumenta a satisfação do cliente interno e externo. No dia a dia, todos os funcionários têm acesso ao sistema e às soluções MV, configurado e disponibilizado conforme o perfil de cada usuário. Os setores trabalhavam isoladamente e gestores não possuíam acesso a todos os indicadores.

Através  do  KPI  e  do  Painel  de  Indicadores, foi possível obter uma visão global da instituição, permitindo identificar as oportunidades de melhoria. Com o módulo “Gestão de Ocorrência”, por exemplo, foi possível melhorar a gestão de eventos adversos, com registros e análises, bem como o acompanhamento de todos os Planos de Ação, através do módulo de Gestão de Projetos.

“O módulo de gerenciamento de ocorrências, por exemplo, permite a identificação de lacunas no atendimento e na cultura de segurança, fazendo com que seja realizada uma análise aprofundada das causas dos eventos, a fim de evitar a recorrência ou que novos aconteçam”, explica Geovana Anschau, coordenadora de Qualidade da instituição.

Assim, a Santa Casa de Misericórdia de Araraquara foi uma referência ainda maior no estado de São Paulo, além da própria região com mais de 900 mil habitantes beneficiados em 24 municípios.

BAIXAR CASE
;